Las Brujas  é um duo formado por Cecília Valentim (canto) e Rosimary Parra (cordas dedilhadas), duas mulheres que pesquisam e realizam a música da idade média e do renascimento ibérico, dentro da atmosfera e sonoridade  do período, com instrumentos de época, como o Alaúde e a Vihuela de Mano.

O Duo e a música Ibérica

A música ibérica do renascimento chega ao Brasil no período do seu descobrimento pelos portugueses e espanhóis. Sua influência está presente nos romances e em sua textura modal, especialmente na música do nordeste brasileiro. Compõe, assim, uma narrativa musical das paisagens que seguem vivas em nosso imaginário. Com isso, podemos inferir que a importância da divulgação da música antiga no Brasil consiste no fato de fazer parte da história do nosso desenvolvimento artístico e cultural.

O tema principal do Las Brujas, neste trabalho, é o olhar feminino em suas diferentes perspectivas apresentando canções que tem como narrativas  estórias, ou cenas, relacionadas à vida da mulher na época em questão.  Os temas das canções, selecionadas dos principais cancioneiros ibéricos dos séculos XV e  XVI,  tratam das dores de amores e solidão, abandono, ou ainda a sede  por liberdade, ou transgressões de situações  sociais impostas.  Crenças, tabus, religiosidade e regras sociais se entrelaçam com a música de grande sensibilidade criada por pessoas, em grande parte  anonimas, que nos deixaram este legado de conhecimento e beleza.  

Cecília Valentim

É cantora e educadora vocal. Mestre em Psicologia da Arte pelo IPUSP, graduada em música pela Faculdade de Artes Santa Marcelina. Formada em canto por D. Leila Farah. Foi Aluna e assistente de H.J. Koellreutter por 12 anos. Especializou-se em Música Antiga na Inglaterra, com bolsa cedida pelo British Counsil, nas classes de Emma Kirkby e Evelyn Tubb e, na Espanha, com Montserrat Figueras e Jordi Savall. Criou a abordagem A Arte do Ser Cantante. Há mais de 30 anos vem se aprofundando e levando seu trabalho como artista e educadora no Brasil e exterior.

Rosimary Parra

É bacharel em Violão e Mestre em Música pelo Instituto de Artes da UNESP – Universidade Estadual Paulista, com cursos de especialização na área de interpretação violonística e música antiga, realizados na Espanha e Itália. Tem atuado como intérprete em diversas formações camerísticas e como solista ao violão e instrumentos antigos de cordas dedilhadas – alaúde, vihuela, guitarra barroca e teorba.  Integra o grupo de música antiga Il Dolce Ballo (SP) com o qual gravou dois CDs: Amor e Devoção – música ibérica dos séculos XIII ao XVI (2003) e Ecco la Primavera (2012).  Em atuações camerísticas, há vários anos vem realizando concertos no Brasil e exterior.

Um pouco sobre o novo projeto

Em seu novo projeto, Las Brujas busca alinhavar a trajetória das mulheres dentro do contexto do período histórico ao qual se dedicam. Com cuidadosa pesquisa histórica e musical  revelam a sensibilidade feminina nos diferentes modos de perceber o mundo.

2019 Criado por Gipsy Eye Digital

  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social